Físico diz que transmitir informações da Terra para o espaço sideral é uma ‘idéia horrível’

Os críticos estão alertando contra um plano da NASA de transmitir informações sobre a Terra para o espaço sideral, com o físico teórico Dr. Michio Kaku dizendo que é uma “idéia horrível”.

Brian Kilmeade disse que o plano supostamente inclui informações sobre a estrutura do DNA, física, diagramas de corpos humanos e geolocalização.

Kaku disse ao ” Jesse Watters Primetime ” que muitas pessoas acreditam que os alienígenas são mais como ET, o extraterrestre feito para a tela por Steven Spielberg, em vez de seres potencialmente beligerantes que poderiam dominar a Terra e matar seus habitantes.

“O erro fundamental é que eles assumem que os alienígenas são como ETs; calorosos e amigáveis, mas eles podem ser como os Borgs para atacar nosso canto da galáxia. Não podemos assumir o melhor cenário nesta situação”, ele disse. disse.

Kaku acrescentou que o clássico de Orson Welles “Guerra dos Mundos” é outro alerta em potencial.

“Não é que os marcianos odiassem os terráqueos. Não, estávamos apenas no caminho – eles queriam a Terra, e eles tinham a tecnologia para nos atropelar, então tivemos que ser cuidadosos”, disse ele.

Kaku observou que o plano atual é uma continuação de um projeto de 1974, quando uma mensagem foi transmitida do agora extinto radiotelescópio de Arecibo, em Porto Rico. Naquele ano, uma mensagem interestelar foi enviada para um aglomerado estelar distante.

“Em retrospecto, acho que foi uma ideia idiota: jogar roleta russa com uma arma carregada, sem saber quem está lá fora, quais são suas intenções. Acho que foi realmente temerário.”

Kilmeade comentou que poderia se transformar em uma versão real do filme de 1996 “Independence Day”.

Comente!