Ufologia

ETs disparam lasers em buracos negros para ajudar a impulsionar suas naves?

Uma nova teoria sugere que alienígenas podem disparar lasers em buracos negros para ajudar a impulsionar seus navios pelo espaço.

Em um novo artigo, o astrônomo David Kipping, da Universidade Columbia, apresentou um hipotético novo sistema de propulsão que uma raça extraterrestre avançada poderia usar para atingir velocidades relativísticas.


A ideia é uma extensão de um método que já usamos para impulsionar nossas próprias sondas espaciais – usando a gravidade de um planeta ou outro corpo grande para “estilingar” uma espaçonave em direção ao seu alvo.

Os mesmos princípios básicos também se aplicam aos intensos poços de gravidade em torno dos buracos negros.

Se um fóton (uma partícula de luz) é disparado em uma área em particular ao redor de um buraco negro, se ele circular ao redor e for lançado para trás na direção de onde veio, enquanto carrega mais energia do que começou.

Esse fenômeno é conhecido como “espelho gravitacional”.

O ‘halo drive’ de Kipping funcionaria disparando um feixe de laser em um ponto específico dentro da vizinhança de um sistema de buraco negro binário para que os fótons recém-energizados fossem direcionados diretamente para a espaçonave, onde seriam convertidos para o momento a uma velocidade considerável.

Este processo pode ser repetido várias vezes para continuar acelerando a espaçonave.

Kipping argumenta que uma civilização extraterrestre pode estar usando um sistema desse tipo para viajar por toda a nossa galáxia – especialmente dadas as imensas quantidades de buracos negros que são conhecidos por estarem lá fora.

Exatamente como a espaçonave diminuiria uma vez que atingisse seu destino, ainda não está claro.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: