Criptozoologia

Chupacabra teria levado homem à morte em Honduras

A morte inexplicável de um trabalhador na aldeia de El Naranjo foi atribuída ao mítico sugador de cabras.

O incidente, que ocorreu na manhã de terça-feira no município de Siguatepeque, viu um homem local ser morto e drenado de todo o seu sangue após ser atacado por um agressor invisível.


Segundo seus vizinhos, ele estava descansando debaixo de uma árvore quando o ataque aconteceu.

Crenças e superstições sobre o lendário Chupacabra – uma criatura cruel de descrições variadas, disse que para drenar o sangue de suas vítimas – são particularmente difundidas na região.

Como resultado, muitos moradores locais acreditam que foi responsável pela morte prematura do homem.

O Chupacabra é mais comumente associado a ataques a animais em vez de ataques a pessoas, no entanto até hoje nenhuma evidência conclusiva da criatura jamais foi encontrada e sua existência, como a de Bigfoot e do Monstro do Lago Ness, continua sendo um tópico de debate.

Até o momento, as autoridades ainda não divulgaram nenhuma explicação oficial para a morte do homem.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: