Inexplicável

Nova teoria “resolve” o mistério do Triângulo das Bermudas

Cientistas britânicos propuseram a noção de que ondas gigantes seriam responsáveis ??pelo fenômeno.

Há poucos mistérios tão duradouros e conhecidos como o Triângulo das Bermudas – uma extensão de oceano no Atlântico Norte que abrange a área entre a Flórida, Bermuda e Porto Rico.


Ao longo dos anos, a região tornou-se sinônimo dos desaparecimentos inexplicáveis ??de navios e aviões – muitas vezes sem vestígios deles ou de suas tripulações jamais encontradas.

Agora, porém, cientistas da Universidade de Southampton, na Inglaterra, apresentaram uma nova explicação para esses desaparecimentos e tudo isso tem a ver com as chamadas ondas “anormais” (rogue waves).

Essas ondas súbitas e enormes, que podem medir até 30 metros de altura, foram observadas pela primeira vez em 1997 e podem aparecer inesperadamente do nada com o poder destrutivo de afundar até mesmo o maior dos navios.

Para testar sua teoria, os pesquisadores criaram um modelo do USS Cyclops – um enorme navio que desapareceu no Triângulo das Bermudas em 1918, junto com seus 300 tripulantes.

Ao simular uma onda perigosa no laboratório, que rapidamente submergiu e afundou a nave modelo, eles conseguiram demonstrar que isso poderia explicar como os navios desapareceram na área.

Além do mais, o Triângulo das Bermudas tem condições propícias para a formação de tais ondas.

“Há tempestades no sul e no norte, que se juntam”, disse o dr. Simon Boxall. “E se houver outros adicionais da Flórida, pode ser uma formação potencialmente mortal de ondas anormais.”

“Elas são íngremes e altas – medimos ondas acima de 30 metros”.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: