Ufologia

OVNI nazista é retirado das prateleiras das lojas

A empresa de miniaturas Revell tomou a decisão de descontinuar o kit de montar devido a reclamações sobre sua precisão histórica.

Apelidado de “Haunebu II”, o modelo de disco voador, que é retratado na caixa atirando em aeronaves aliadas com suas metralhadoras embutidas, é descrito como sendo o primeiro objeto feito pelo homem no espaço com uma velocidade máxima de 6.000 quilômetros por hora.


Sua liberação provocou tanto a Associação Alemã de Proteção das Crianças (DKSB) quanto o Museu de História Militar de Dresden (MHM) devido à falta de divulgação sobre sua natureza claramente fictícia.

Embora Revell seja conhecido por produzir modelos de máquinas de guerra da vida real e naves espaciais fictícias, esse cruzamento incomum foi acusado de perpetuar o mito de que os nazistas possuíam a tecnologia necessária para construir veículos de espaço espacial altamente avançados nos anos 1940.

“Naquela época, era tecnologicamente impossível construir algo assim”, disse o historiador do Museu de História Militar, Jens Wehner. “Os entusiastas podem usar isso como uma estratégia para lançar dúvidas sobre o que sabemos hoje sobre o nacional-socialismo”.

Entende-se que nenhuma outra unidade do controverso modelo será produzida.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: