Curiosidades

Cães poderão “conversar” usando inteligência artificial em 10 anos

Um professor universitário no Arizona está trabalhando em um sistema que pode traduzir ruídos de animais para o inglês.

A tecnologia extraordinária, que foi desenhada pelo Professor Con Slobodchikoff na Universidade do Norte do Arizona, está sendo desenvolvida atualmente com as cordas vocais do cão-da-pradaria em mente, mas pode ser posteriormente adaptada para trabalhar com praticamente qualquer animal, incluindo gatos e cachorros domésticos.


Slobodchikoff passou a maior parte de 30 anos estudando os sons únicos e complexos que o cão-da-pradaria usa para comunicar o perigo um para o outro sempre que um predador é avistado nas proximidades.

O dispositivo de tradução, uma vez aperfeiçoado, deve ser capaz de transformar esses sons na fala humana.

De acordo com o pesquisador, William Higham, os dispositivos de tradução para animais podem estar disponíveis para o consumidor médio dentro de dez anos.

Tecnologias como essa também tornarão o treinamento de animais de estimação e o diagnóstico de problemas médicos muito mais fáceis.

Contudo, no entanto, se fosse realmente possível que seu cão falasse com você, o que ele diria?

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: