Curiosidades

Nibiru: o planeta que pode colidir com a Terra

Nibiru é frequentemente mencionado como o Planeta X em tempos modernos. Ele é discutido por astrônomos em todo o mundo, incluindo a NASA.

Os sumérios sempre descreveram seus deuses como planetas começando com Plutão, depois Netuno, Urano, etc., como se estivessem vendo os planetas como um corpo celestial (ou uma nave espacial?). Que entram no nosso sistema solar a partir de outras galáxias.


Eles também mencionaram um “décimo segundo” planeta chamado “Nibiru”, aquele cuja órbita elíptica o aproxima da Terra por um breve período por cerca de 3.600 anos.

Luta Galática

Mais tarde, os babilônios mencionaram que Nibiru (Marduk), até então um estranho no nosso sistema solar, havia tido uma uma luta no céu com Tiamat e Kingu.

Naquela época, há milhões de anos, os satélites de Nibiru (Marduk) entraram em colapso com Tiamat (um planeta com pelo menos duas vezes a massa da Terra) e o quebrou em 2 partes.

De acordo com a teoria, as 2 partes de Tiamat foram forçadas a orbitar ao redor do Sol, uma parte foi quebrada em pequenas partes e agora é chamada de Cinturão de Asteroides (entre Marte e Júpiter).

A outra parte foi forçada a entrar em órbita entre Vênus e Marte e se tornou a Terra. Kingu tornou-se a Lua do “planeta novo”.

Nibiru, por sua vez, foi forçado a uma órbita elíptica ao redor do Sol, possuindo um ciclo de 3.600 anos ao redor do Sol.

Nibiru

O planeta seria o lar de humanos tecnologicamente avançados – como a raça extraterrestre chamada Anunnaki no mito da Suméria, conhecidos como Nephilim em Gênesis.

Ao entrar no sistema solar, estes seres teriam chegado a Terra há provavelmente 450 mil anos atrás, procurando minerais, especialmente ouro, que eles encontraram e extraíram na África.

Devido as condições de trabalho desgastantes, estes teriam criado os primitivos (Homo sapiens) por meio de engenharia genética para utilizá-los como escravos e substituí-los nas minas de ouro

Para que isso fosse possível, eles teriam feito uma espécie de fusão entre os genes dos extraterrestres com os de Homo erectus.

Inscrições antigas poderiam confirmar que a civilização humana na Suméria, na Mesopotâmia, foi criada sob a orientação desses “deuses”.

A liderança humana, então, teria sido inaugurada para fornecer intermediários entre a humanidade e os Anunnaki (criando a doutrina do “direito divino dos reis”).

 

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: