Curiosidades

Viagem no tempo é “matematicamente possível”

Segundo o professor Ben Tippett, viajar pelo tempo não está fora dos reinos da possibilidade.

De “Doctor Who” para “Back to the Future”, viajar no tempo tem sido uma tecnologia de ficção científica de base em filmes, livros e programas de TV há anos. Mas poderia realmente ser possível viajar para o passado?


“As pessoas pensam da viagem no tempo como algo fictício”, disse Tippett, um professor de matemática e física da Universidade da Colúmbia Britânica.

“E nós tendemos a pensar que não é possível porque nós realmente não fazemos isso, mas, matematicamente, é possível”.

A chave, ele argumenta, está na teoria da relatividade geral de Albert Einstein, que afirma que objetos estelares maciços, como estrelas ou buracos negros, realmente distorcem espaço e tempo.

Para mostrar que a viagem do tempo é possível, Tippett criou uma fórmula nova que focaliza na maneira em que estes objetos maciços do espaço-tempo continuum curve.

“A direção do tempo da superfície espaço-tempo também mostra curvatura”, disse ele. “Há evidências que mostram que quanto mais perto estamos de um buraco negro, o tempo se move mais devagar”.

“Meu modelo de uma máquina do tempo usa o espaço-tempo curvo – para dobrar o tempo em um círculo, não em uma linha reta. Esse círculo nos leva de volta no tempo”.

O físico no entanto admite que colocar isso em prática é atualmente impossível.

“Embora seja matematicamente viável, ainda não é possível construir uma máquina espaço-tempo porque precisamos de materiais – que chamamos de matéria exótica – para dobrar o espaço-tempo nesses caminhos impossíveis, mas eles ainda não foram descobertos, ” ele disse.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

error: