Ufologia

Pessoas com sangue RH negativo podem ser alienígenas

Nova teoria sugere que os seres humanos com o tipo de sangue Rh negativo pertencem a uma linhagem extraterrestre.

Os seres humanos têm quatro tipos sanguíneos possíveis: A, B, AB e O; Esta classificação é derivada, de acordo com cientistas de proteínas que são encontrados na superfície de células que são projetados para combater bactérias e vírus no corpo humano.


A grande maioria dos seres humanos neste planeta tem essas proteínas, o que significa que eles são Rh positivos. Mas um grupo menor, o Negativo Rh não tem estas proteínas.

Então, como essa diferença crucial é explicada cientificamente? E por que ela existe? Ao longo dos anos, vários estudos científicos têm procurado esta resposta.

Agora, os cientistas acreditam que descobriram uma coisa fascinante em relação ao Rh positivo e negativo. De acordo com essa teoria “científica”, no passado distante, seres extraterrestres visitaram a Terra e criaram, através de “manipulação genética”, o Negativo Rh com a intenção de criar uma raça de “escravos”.

O povo basco da Espanha e França tem a maior percentagem de sangue Rh negativo. Cerca de 30% têm (rr) Rh negativo e cerca de 60% possuem um (r) gene negativo.

De acordo com os pesquisadores, isso explicaria porque as mães Rh negativas não toleram fetos com RH positivos; esta intolerância poderia derivar de uma modificação genética antiga que tendem a “repelir” uns aos outros em vez da fusão.

Esta teoria remonta aos tempos sumérios antigos, quando uma raça “alienígena” altamente avançada veio de outros lugares do cosmos; Os Anunnaki, construindo e criando as primeiras sociedades humanas.

Acredita-se que esses seres antigos planejavam e modificavam geneticamente as espécies humanas primitivas, criando seres mais fortes e mais “adequados” que foram usados ??como escravos no passado distante.

O Rh negativo seria o legado que os Anunnaki deixaram na Terra entre outras coisas. Curiosamente, a cepa RH negativa é característica, por exemplo, da família real britânica, que tem gerado teorias controversas sobre uma possível linhagem extraterrestre.

Embora esta hipótese não tenha sido confirmada, as perguntas perturbadoras ainda flutuam no ar: como o mundo civilizado reagiria ao fato de que uma pequena porção da população da Terra tem um código genético que foi alterado no passado distante por extraterrestres altamente avançados?

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

  • Gildo Pimentel

    Opa vou escravizar os que tem RH negativo.

  • Daniel

    Haha, me divirto muito com essas histórias! Não perco uma hehe

error: