7 mundos parecidos com a Terra foram encontrados em estrela próxima

A NASA anunciou a descoberta de sete novos planetas, incluindo três dentro da zona habitável da sua estrela.

A descoberta notável marca a primeira vez que tantos mundos do tamanho da Terra já foram encontrados dentro de um único sistema solar. A estrela, Trappist-1, está situada a cerca de 40 anos-luz de distância.


Ainda mais intrigante é o fato de que três desses planetas estão localizados dentro da zona habitável da estrela – a região na qual a temperatura está “bem” para que exista água líquida.

A notícia é particularmente emocionante, pois a próxima geração de telescópios deverá ser possível determinar exatamente que tipo de atmosfera esses mundos têm.

De acordo com Amaury Triaud no Instituto de Astronomia da Universidade de Cambridge, podemos até mesmo ser capazes de determinar se há ou não vida nesses planetas dentro dos próximos dez anos.

“Acho que fizemos um passo crucial para descobrir se há vida lá fora”, disse ele. “Se a vida conseguisse prosperar e liberar gases de forma semelhante à da Terra, saberemos”.

Outro aspecto interessante desses planetas é que eles são bastante próximos uns dos outros, significando que se você estivesse na superfície de um, você veria os outros no céu assim como nós vemos a Lua.

“Seria um belo show”, disse Triaud.

O próximo passo será usar o Telescópio Espacial Hubble para procurar sinais de metano e água – uma indicação potencial de um mundo habitável. Além disso, há uma chance de que o próximo Telescópio Espacial James Webb poderá nos dizer se há alguma coisa vivendo lá.

“Isso significa que podemos encontrar extraterrestres em uma década, e não, como outros previram, em uma escala de muito mais tempo”, disse o professor David Charbonneau.

Comente!