Misteriosos ‘anéis de fadas’ encontrados na Austrália

aneis-de-fadas

Manchas circulares, rodeado de uma relva estranha, conhecidas também por “círculo de fadas”, foram descobertas ao longo de centenas de quilômetros quadrados.


O fenômeno, que foi previamente encontrado em desertos da Namíbia, foram vistos pela primeira vez há milhares de milhas de distância em uma parte remota do interior australiano.

Uma explicação conclusiva para estes círculos anômalos tem sido debatida ao longo de décadas, no entanto esta última descoberta pode ser muito valiosa para que os cientistas cheguem ao fundo do mistério.

Os círculos tem feito parte de mitos e folclore durante anos com as pessoas da Namíbia atribuindo desde marcas de dragão a pegadas dos deuses.

A explicação convencional mais popular no momento envolve formigas ou cupins que se alimentam de raízes e empurrando a grama em volta de seus ninhos em um padrão circular.

Na Austrália, no entanto, houve pouca evidência de ninhos de insetos ou em torno dos círculos. Outra explicação possível é que as plantas se “organizam” em si mesmas em um esforço para maximizar o seu acesso à água e nutrientes nestes ambientes quentes e secos.

O ecologista Stephan Getzin acredita que este seja o mais provável para o caso, dadas as evidências.

“Você nunca deve reclamar por pôr um fim ao mistério”, disse ele. “Acabamos de fazer um significativo passo em frente para encontrar uma resposta.”

A caça está agora em encontrar outros “círculos de fadas” em outros países para ajudar a confirmar esta teoria uma vez por todas.

Comente!