Yeti: impressão digital de mãos encontrado perto de Moscou

yeti-moscou

Contos sobre um grande primata descoberto no deserto russo tem ganho novos relatos nos últimos anos.


Quando o tópico envolvendo primatas da criptozoologia é levantada a discussão normalmente giram em torno do Yeti, um animal lendário que teria o costume de vagar pelas montanhas do Himalaia, ou Bigfoot, um grande macaco bípede relatados em todo o continente norte-americano.

Essas histórias não se limitam a essas regiões do mundo, no entanto, a Rússia, em particular, é o lar de sua própria lenda de macaco-besta – uma criatura conhecida como Alma.

Numerosos avistamentos foram documentados ao longo dos anos, especialmente em regiões florestais remotas. Agora Andrei Stroganov, um tecnólogo biofísico e um entusiasta da Alma da Academia Agrícola de Moscou, acredita que ele identificou evidências físicas da criatura.

Esta prova, que consiste em um segmento de casca de árvore com recortes peculiares, foi encontrado em uma área de floresta no distrito Solnechnogorsk perto de Moscou. A casca foi feita a partir de um grande tronco de árvore que parecia ter sido deliberadamente plantada no solo e marcada com arranhões.

Os recuos na casca seriam evidência de uma marca de mão esquerda da criatura. Stroganov acredita que esta prova apontam fortemente para a existência de uma grande espécie de primata não descobertas na região.

“Eles são benevolentes e precisam de nossa proteção”, disse ele.

Comente!