Resultados de Ulysses inspiram uma grande descoberta sobre o comportamento solar

nave-ulysses

A força do campo magnético do Sol dobrou durante o Século XX, de acordo com os cálculos de cientistas britânicos. Esta descoberta ajudará a esclarecer a contribuição do Sol na mudança do clima da Terra. Uma equipe do Laboratório Rutherford Appleton, perto de Oxford, estuda o comportamento do magnetismo solar com base nos dados fornecidos pela astronave Ulysses, da ESA-NASA.


“Uma surpresa levou à outra”, diz Mike Lockwood, chefe e autor do novo relatório. “Ulysses achou que o componente radial do campo magnético externo do Sol é igualmente forte em todas as latitudes solares. Ninguém esperava isto, mas significa que nós podemos usar dados históricos de um só lugar, a Terra, e deduzir uma mudança surpreendente para o todo, o Sol. O resultado de Ulysses era absolutamente crucial”.

Lançado em 1990, Ulysses é a primeira astronave a explorar as regiões polares do Sol. Revelou que o vento solar de partículas elétricas é geralmente muito mais rápido que aquele vindo das regiões equatoriais do Sol (que fornecem o vento solar sentido na vizinhança da Terra). Mas a força do campo magnético, obstinadamente levado pelos restos de ventos solares, é constante.

Encorajados com estes resultado, Lockwood e sua equipe re-examinaram um registro de tempestades magnéticas na Terra provocadas pelo Sol. Desde 1964, os campos magnéticos intensificaram aproximadamente 40 %. Eugene Parker, da Universidade de Chicago, o pai da teoria de vento solar, comentou o resultado: “a nova descoberta sobre o magnetismo solar deveria incitar a atenção para o papel do Sol na mudança do clima contemporâneo, ao lado de qualquer efeito devido ao gás carbônico artificial”.

Rutherford já está usando os dados magnéticos para deduzir os aumentos no brilho do sol durante o Século XX. Outro trabalho na Europa sobre as influências solares no clima inclui estudos de efeitos de estratosfera e de mudanças na cobertura de nuvem aparentemente associados à variações em raios cósmicos, que obedecem à mudanças no vento solar.

Comente!