Asteroide que matou os dinossauros levou vida para Marte?

asteroide-vida

O asteroide que eliminou os dinossauros também pode ter catapultado vida em Marte e outros lugares.


Panspermia é a ideia de que a vida, longe de depender exclusivamente de sua origem, teria sido transportada pelos cosmos em cometas, asteroides e outros corpos interplanetários.

Alguns acreditam que a vida na Terra (e possivelmente até mesmo Marte) pode ter surgido desta forma.

Pesquisadores nos EUA têm levado essa ideia um passo adiante, analisando a possibilidade de que a vida da Terra podem ter sido espalhada por todo o sistema solar após o impacto de um asteroide gigante que dizimou os dinossauros.

A pesquisa envolveu o cálculo do número de rochas capazes de levar a vida através da colisão e onde esses materiais biológicos podem ter ido parar.

“Nós achamos que a rocha foi capaz de levar a vida da Terra para Marte e para todos os planetas do sistema solar e Júpiter”, disse o principal autor da pesquisa Rachel Worth.

“As missões para procurar vida em Titã ou as luas de Júpiter terá que considerar se o material biológico é de origem independente, ou da própria Terra”.

Comente!