Médicos investigam bebê indiano que teria sofrido combustão espontânea

bebe-combustao-espontanea

Um bebê indiano de 3 meses de idade é o centro de um mistério para a medicina com os médicos tentando determinar se a criança sofre de combustão humana espontânea, de acordo com o New York Times.


A criança está sendo tratada no Hospital Kilpauk, em Chennai, na Índia, depois que seus pais alegaram que ele pegou fogo quatro vezes separadas.

A mãe do menino, Rajeshwari Karnan, disse que nove dias após seu nascimento, ela encontrou o bebê em incêndio em seu barraco, depois que ele foi deixado sozinho momentaneamente.

"Havia uma chama em sua barriga e joelho direito, e meu marido correu com uma toalha para salvá-lo", disse Karnan ao New York Times. "Eu tenho muito medo."

Os médicos agora estão investigando a possibilidade de que a criança, com o nome Rahul, sofre de combustão humana espontânea. Eles também examinaram a criança para uma série de outras condições médicas, assim um possível abuso infantil.

Vários exames médicos não deram nenhuma indicação de que o bebê pode pegar fogo sem uma fonte de ignição, de acordo com o Times da Índia.

Comente!