Lagarto pré-histórico encontrado preso em âmbar

lagarto-ambar

O fóssil completo de um lagarto de 23 milhões de anos foi descoberto preservado em um pedaço de âmbar.


Embora não seja o primeiro de tal descoberta, este em particular, é raro porque o lagarto foi encontrado tão bem preservado e ainda tem seus tecidos moles e pele.

Um outro espécime desta espécie já foi encontrado em âmbar mas estava incompleto e pouco pôde ajudar os cientistas.

Especialistas mexicanos agora estão definindo um estudo especial para esta nova descoberta, em um esforço para aprender o máximo possível sobre o assunto.

Criaturas são preservadas em âmbar ao ficarem presos na seiva da árvore que depois se solidifica, aprisionando-os por milhões de anos.

A maioria das criaturas encontradas são insetos, mas o espécime mais antigo já encontrado está um ácaro que viveu há 230 milhões de anos.

Comente!