Avó ‘ressuscita’ depois de 12 dias

victoria-akure

Uma mulher de 67 anos de idade, que foi dada como morta aos familiares, acordou alguns dias depois.


A mulher, chamada Victoria Gbemisola Babatunde, da Nigéria, que estava prestes a ser enterrada no dia seguinte, teve seu enterro atrasado após uma greve nacional contra a remoção dos subsídios aos combustíveis, impedindo que alguns membros de sua família pudessem providenciar seu enterro.

"Ao contrário de nossa expectativa, a greve nacional durou mais de uma semana assim, atrasando ainda mais a nossa viagem para fazer os arranjos de sepultamento", disse o filho Andrew Ozoemena.

"Nós não percebemos que Deus já estava fazendo um milagre , mas no quinto dia após sua morte, meu cunhado chamou para nos informar que o corpo dela começou a ficar quente. Em uma virada dramática de eventos, mamãe espirrou e abriu os olhos no nono dia após sua morte”, explicou.

" Ao completar seu 12 º dia após ser declarada morta, ela falou com seu irmão mais novo e até bebeu água e comeu alguns alimentos."

Comente!