Arqueólogos descobrem palácio de 4000 anos na Síria

A Agência Árabe de Notícias da Síria divulgou que arqueólogos descobriram em Qatanah, a sudoeste de Damasco, ruínas de um palácio real que pode ter 4000 anos. O achado foi feito por uma equipe de profissionais alemães, italianos e sírios. A edificação, provavelmente Amorita, contém um amplo salão do trono, com cerca de 23 m x 44 m e paredes de 2 m de altura. No centro do salão estava preso ao solo um belíssimo jarro decorado. Os arqueólogos também trouxeram à luz nove sepulturas e várias moradias, com recipientes de barro e instrumentos de basalto para moer grãos. No jardim de uma das casas, acharam mais de 30 pegadas milenares.

palacio-4mil-anos


Comente!