Pentágono desclassifica vídeos de OVNIs da Marinha dos EUA

O governo dos EUA lançou oficialmente três videos de objetos não identificados gravados por pilotos da Marinha dos EUA.

Os clipes, que circulam há anos, foram filmados por pilotos que perseguiam UAPs (ou Fenômenos Aéreos Não Identificados) – objetos que muitos especularam poderiam ter origem extraterrestre.


Isso inclui imagens gravadas por pilotos do Nimitz Carrier Strike Group, que encontraram um objeto voador não identificado em movimento a 160 quilômetros de San Diego, durante um exercício de treinamento em 2004.

As gravações foram divulgadas anteriormente pelo New York Times e Tom DeLonge’s To The Stars Academy of Arts and Science.

Uma declaração oficial sobre o lançamento dos três vídeos diz:

“O Departamento de Defesa autorizou o lançamento de três vídeos não classificados da Marinha, um em novembro de 2004 e outro em janeiro de 2015, que circulavam em domínio público após lançamentos não autorizados em 2007 e 2017”.

A Marinha dos EUA reconheceu anteriormente que esses vídeos que circulavam em domínio público eram de fato vídeos da Marinha. Após uma análise minuciosa, o departamento determinou que a liberação autorizada desses vídeos não classificados não revela recursos ou sistemas sensíveis e não afeta os quaisquer investigações subsequentes de incursões militares no espaço aéreo por fenômenos aéreos não identificados “.

“O DOD está divulgando os vídeos, a fim de esclarecer quaisquer equívocos do público sobre se as imagens que circulavam eram reais ou se existem ou não mais vídeos. Os fenômenos aéreos observados nos vídeos permanecem caracterizados como ‘não identificado’.

Dado que o Departamento de Defesa não apenas reconheceu formalmente os clipes, mas admitiu que eles são realmente “não identificados”, será interessante ver o que acontece a seguir.

Parece que, no mínimo, há um argumento claro a favor de uma investigação renovada do fenômeno OVNI.

Confira os vídeos liberados pelo Pentágono:

Comente!