Este foi o lugar mais perigoso da história da Terra

Os cientistas identificaram uma região da África que já foi dominada por uma grande variedade de dinossauros predadores.

Se você assistiu a algum filme do Jurassic Park, deve ter uma boa ideia de como seria impossível sobreviver por um período de tempo em uma ilha cheia de dinossauros predadores.


Embora os filmes tenham algumas liberdades em relação a quais espécies de dinossauros viveriam lado a lado nesse ambiente, paleontólogos da Universidade de Portsmouth, Inglaterra, identificaram um equivalente na vida real – uma região que, durante o período cretáceo, pelo menos , teria sido ainda mais mortal do que as ilhas cheias de dinossauros vistas nos filmes.

Situada no sudeste de Marrocos, em uma área conhecida como Grupo Kem Kem, essa região mortal abrigava enormes dinossauros carnívoros bípedes, pterossauros voadores e répteis parecidos com crocodilos.

Algumas dessas bestas estavam entre as maiores já vistas na face da Terra.

“Este era sem dúvida o lugar mais perigoso da história do planeta Terra, um lugar onde um viajante do tempo humano não duraria muito”, disse o autor do estudo, Nizar Ibrahim.

Uma das razões pelas quais essa região era tão popular entre os predadores foi sua abundância de presas – especialmente peixes que teriam crescido para tamanhos absolutamente gigantescos.

“Este lugar estava cheio de peixes absolutamente enormes, incluindo celacantos gigantes e peixes-pulmão”, disse o co-autor professor David Martill. “O celacanto, por exemplo, é provavelmente quatro ou até cinco vezes maior que o celacanto de hoje”.

“Existe um enorme tubarão-serra de água doce chamado Onchopristis com o mais temível dos dentes rostrais; eles são como punhais farpados, mas lindamente brilhantes”.

Comente!