Apollo 13 completa 50 anos: ‘Houston, temos um problema’

50 anos atrás, três astronautas estavam a caminho da Lua quando as coisas começaram a dar muito errado.

Em 11 de abril de 1970, os astronautas da NASA Jim Lovell, Jack Swigert e Fred Haise lançaram-se aos céus no que pretendia ser a terceira missão tripulada a pousar na Lua.


Dois dias depois, no entanto, um dos tanques de oxigênio, que havia sofrido danos antes do lançamento, explodiu, jogando os três homens em uma luta por suas próprias vidas.

Sem uma estratégia preexistente para lidar com essa eventualidade, os astronautas, junto com o pessoal da NASA na Terra, criaram planos para encontrar uma maneira de mantê-los vivos por tempo suficiente para voltar para casa.

Nos dias seguintes, eles improvisaram várias soluções, incluindo a criação de um filtro de dióxido de carbono com fita adesiva, meias e cordão elástico para impedir que os homens se sufocassem.

O módulo lunar, que foi projetado para pousar na superfície da Lua, tornou-se um barco salva-vidas improvisado, graças à sua fonte independente de oxigênio, água e energia.

Incrivelmente, todos os três astronautas conseguiram voltar para casa vivos no dia 17 de abril.

No entanto, não há como negar o quão perto eles chegaram de um desastre.

“A explosão ocorreu na hora certa para permitir um retorno”, disse Lovell ao CollectSPACE.

“Se a explosão ocorresse no nosso motor de ir à Lua, não teríamos combustível suficiente no módulo lunar para dar a volta na Lua e voltar para casa novamente.”

Comente!