Templo perdido de 2.200 anos descoberto no Egito

Arqueólogos anunciaram a descoberta de um templo antigo ligado ao faraó Ptolomeu IV.

A estrutura em ruínas foi desenterrada por acidente durante os trabalhos de perfuração de um projeto de drenagem de esgoto na aldeia de Kom Shakau, no início de setembro.


“O trabalho no local da perfuração foi suspenso e uma equipe arqueológica foi designada para recuperar as ruínas”, disse Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades.

Outras escavações no local revelaram inscrições de pedra referentes a Ptolomeu IV, que foi o quarto faraó do Egito ptolomaico de 221 a 204 aC.

Comente!