Vida alienígena pode ser mais estranha do que nossos cérebros terrestres podem imaginar

Nossas concepções de vida alienígena são baseadas em uma amostra de uma: a vida da Terra. Isso significa que mesmo as nossas imaginações mais loucas provavelmente ficarão completamente fora do alcance

Vamos tirar uma coisa do caminho: alienígenas estão quase definitivamente lá fora.


Em média, todas as estrelas da Via Láctea têm um planeta em órbita . Um quinto dessas estrelas possui um planeta que pode ser temperado e propício à vida como a imaginamos.

São 50 bilhões de planetas potencialmente habitáveis ??apenas em nossa própria galáxia – que é um dos bilhões do universo.

“Se você vai dizer que não há chance de encontrarmos vida em outro lugar, deve pensar que há algo realmente milagroso na Terra”, diz Seth Shostak no Instituto SETI em Mountain View, Califórnia.

“E esse é um ponto de vista suspeito, de que somos milagrosamente melhores que todos os outros planetas”.

Isso não significa que a vida inteligente esteja por perto. Estamos explorando nosso sistema solar há muito tempo, portanto, se ele contivesse formas de vida inteligentes, provavelmente já saberíamos sobre ele.

Com uma vida microbiana simples, é uma história diferente. Os melhores lugares para se olhar são as luas geladas do sistema solar externo Europa, Enceladus e Titan, porque sabemos que eles têm líquidos que podem sustentar a vida, diz Lisa Kaltenegger , diretora do Instituto Carl Sagan da Universidade Cornell, em Nova York.

“Nossas suposições mais básicas sobre a vida são de uma amostra de um único planeta”.

Para algo maior, precisamos olhar mais longe – e, até o momento, nossa tecnologia para espionar a vida à distância é rudimentar.

Nossa melhor aposta é estudar a atmosfera de planetas alienígenas em busca de assinaturas de gases como oxigênio e metano que só coexistem se algum processo termodinamicamente implausível.

Comente!