Ufologia

Invasão a Área 51 pode ser um desastre, dizem moradores

Empresas e autoridades locais estão “se preparando para o pior”, à medida que as multidões começam a chegar na região.

Apesar dos esforços para dissuadir as pessoas de comparecerem ao controverso evento ‘Storm Area 51’, ainda é esperado que grandes multidões participem, para o desgosto de quem mora nas proximidades.


As pequenas cidades de Rachel e Hiko não são capazes de lidar com um fluxo tão grande de pessoas e há preocupações de que muitas não trarão roupas adequadas para as condições do deserto.

A falta de comida, água, banheiros, combustível e latas de lixo também pode ser um grande problema.

“Quem acampar no deserto vai se divertir”, disse Joerg Arnu, morador de Rachel. “Quem está procurando uma grande festa vai se decepcionar.”

As forças armadas dos EUA também estão se preparando para a possibilidade de as pessoas tentarem invadir a instalação da Área 51 de acordo com o conceito original do evento.

Segundo relatos, arame farpado foi instalado ao longo da fronteira, bem como câmeras adicionais e até uma barreira projetada para impedir que as pessoas cheguem nos portões.

Centenas de policiais e médicos também devem comparecer. Um total de US $ 250.000 de verba militar foi alocada para lidar com a situação.

“Nós realmente não queremos isso”, disse o comissário do Condado de Lincoln, Varlin Higbee.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: