Curiosidades

Zonas habitáveis em mundos alienígenas são menores do que se pensava

De acordo com um novo estudo, muitos planetas na chamada zona habitável só podem suportar organismos unicelulares.

Até agora, a zona habitável (ou “Cachinhos Dourados”) de uma estrela foi definida como a região na órbita da estrela na qual a temperatura é suficiente para a água líquida existir na superfície de um planeta.


Na prática, no entanto, embora isso possa ser suficiente para os micróbios unicelulares, as condições reais necessárias para o desenvolvimento de formas de vida complexas são muito mais específicas e difíceis de obter.

O principal problema é que muitos mundos “habitáveis” têm altos níveis de gás tóxico, especialmente aqueles que existem mais próximos da borda da zona tradicionalmente considerada como suporte à vida.

“Para sustentar a água líquida na borda externa da zona habitável convencional, um planeta precisaria de dezenas de milhares de vezes mais dióxido de carbono do que a Terra hoje”, disse o pesquisador-chefe do estudo, Edward Schwieterman.

“Isso está muito além dos níveis conhecidos como tóxicos para a vida humana e animal na Terra”.

Levando isso em conta, o tamanho da zona habitável em torno de uma estrela diminui para metade do tamanho da vida animal simples e um mero terço do tamanho de formas de vida complexas, como os humanos.

Com base nesses novos números, mundos potencialmente habitáveis ??em torno de alguns de nossos vizinhos estelares mais próximos, como Proxima Centauri, não podem mais ser considerados capazes de abrigar vida complexa.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

1 comentário

  • “Isso está muito além dos níveis conhecidos como tóxicos para a vida humana e animal na Terra”…
    A palavra chave, acima, é “TERRA”…
    Sei que a ciência tem que se nortear por parametpar conhecidos… fisicos, químicos e biológicos…
    Mas o universo ja mostrou, em muitas ocasiões, que não liga para o que os cientistas da Terra acham que sabem.

Comente!

error:
%d blogueiros gostam disto: