Curiosidades

Misterioso brilho no céu ‘Steve’ foi finalmente resolvido

Os cientistas resolveram o mistério de uma estranha fita brilhante de luz verde e roxa sobre o Canadá.

Estendendo-se de leste a oeste, o peculiarmente chamado ‘Steve’ foi escolhido pela primeira vez por membros do Alberta Aurora Chasers – um grupo no Facebook frequentado por pessoas que procuram compartilhar informações sobre os melhores lugares para fotografar as auroras boreais.


Atingindo temperaturas de até 10.800 graus Fahrenheit (o mesmo que o núcleo da Terra), este fenômeno peculiar teve 16 quilômetros de largura e milhares de quilômetros de comprimento.

Na época, ‘Steve’ era considerado algo completamente novo para a ciência, mas agora, três anos após sua descoberta, um novo estudo finalmente lançou luz sobre os processos responsáveis ??por produzi-lo.

A luz roxa, por sua vez, é produzida por partículas que foram energizadas pelo calor da fricção causada por fluxos quentes de plasma e ondas magnéticas poderosas a 15.000 milhas acima da Terra.

A luz verde, ao contrário, forma-se de maneira semelhante às auroras – por partículas que atingem a atmosfera superior -, mas tende a ocorrer mais ao sul do que as auroras convencionais.

Exatamente por que deveria ser assim, no entanto, continua a ser um mistério.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: