Inexplicável

Assustadoras ‘marcas de bruxas’ encontradas nas paredes das cavernas

Gravações estranhas nas paredes de Creswell Crags, na Inglaterra, foram criadas para aprisionar ou repelir forças do mal.

Remontando aos tempos medievais, os símbolos já haviam sido vistos antes nas cavernas, mas até agora haviam sido descartados como meras pichações deixadas por exploradores relativamente recentes.


Não foi até que um grupo da organização Subterranea Britannica visitou as cavernas que o verdadeiro significado dos símbolos e marcas foi realmente realizado.

Acredita-se que as gravuras sejam marcas apotropaicas – símbolos de proteção rabiscados nas paredes em um esforço para repelir ou conter as forças “malignas” em que seus criadores acreditavam que residiam.

“Poderia ser fadas, bruxas, o que você temesse, estaria lá embaixo”, disse Alison Fearn, da Universidade de Leicester.

As cavernas, que se pensava terem sido ocupadas por neandertais há 50 mil anos, continuam sendo um lugar popular – e assustador – para pesquisa e investigação.

“Morte e doença eram companheiros cotidianos e forças do mal podiam ser prontamente imaginadas no escuro”, disse Duncan Wilson, diretor-executivo da Historic England. “Só podemos especular sobre o que as pessoas de Creswell temiam que pudessem emergir do submundo para essas cavernas”.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: