Ufologia

SETI capta 72 sinais estranhos de galáxia distante

Os astrônomos descobriram os sinais depois de analisar 400 terabytes de dados de rádio usando uma inteligência artificial.

Conhecido como rajadas de rádio rápidas – os sinais são rajadas poderosas de ondas de rádio que, apesar de durarem meros milissegundos, geram tanta energia quanto o Sol faz em um dia inteiro.


Sua galáxia de origem, FRB 121102, é de aproximadamente 3 bilhões de anos-luz da Terra.

Alguns cientistas sugeriram que essas explosões misteriosas são produzidas quando duas estrelas de nêutrons colidem, enquanto outras afirmam que as estrelas de nêutrons jovens e de rápida rotação são as culpadas.

Já foi sugerido que alguma forma de tecnologia alienígena avançada poderia ser responsável.

A descoberta dessas últimas explosões, realizada por pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Berkeley, envolveu o treinamento de um algoritmo especial de IA para replicar os processos manuais tradicionalmente usados ??pelos cientistas para detectar o fenômeno.

“Estes resultados sugerem que pode haver um grande número de sinais adicionais que nossos algoritmos atuais estão faltando e demonstram claramente o poder de aplicar dados analíticos modernos e ferramentas de inteligência artificial à pesquisa astronômica”, disse o presidente e CEO do SETI Institute, Bill Diamond.

“A aplicação dessas técnicas na busca por evidências de tecnologias alienígenas, ou assinaturas tecnológicas, é incrivelmente atraente, juntamente com a abordagem dos fenômenos tentadores dos FRBs”.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: