“Steve”: brilho misterioso no céu do Canadá é desconhecido para a ciência

Uma faixa peculiar de luz brilhante no céu sobre o Canadá deixou cientistas coçando a cabeça.

Estendendo-se de leste a oeste, o peculiarmente chamado ‘Steve’ foi escolhido pela primeira vez por membros do Alberta Aurora Chasers, um grupo que procura compartilhar informações sobre os melhores lugares para fotografar as auroras boreais.


Atingindo temperaturas de até 10.800 graus Fahrenheit (o mesmo que o núcleo da Terra), este fenômeno peculiar é de 16 quilômetros de largura e milhares de quilômetros de extensão.

Agora, após um extenso estudo novo sobre a natureza e as origens de ‘Steve’, os pesquisadores chegaram à conclusão de que o fenômeno é ‘completamente desconhecido’ para a ciência.

“Nossa principal conclusão é que ‘Steve’ não é uma aurora”, disse a física Bea Gallardo-Lacourt, da Universidade de Calgary. “Então, agora, sabemos muito pouco sobre isso.

Até se saber mais sobre o fenômeno, os cientistas decidiram manter o nome “Steve”, mas alteraram-no para o acrônimo “Strong Thermal Emission Velocity Enhancement”.

Comente!