Mistério das Luzes de Lubbock completa 67 anos

O avistamento em massa de OVNIS que ocorreu na cidade de Lubbock, no Texas, em 1951, ainda continua a causar perplexidade e intriga.

O fenômeno apareceu pela primeira vez por volta das 21h20 do dia 25 de agosto, quando um grupo de cientistas que estavam sentados do lado de fora observou uma série de 15 a 30 luzes brilhantes voando em uma formação em V.


As luzes desapareceram e depois reapareceram uma hora depois, ambas as vezes se movendo extremamente rápido.

O avistamento provocou centenas de outros relatos em toda a cidade ao longo de várias semanas.

Uma testemunha, Dr. Grayson Mead, declarou:

“[Eles] pareciam ter o tamanho de um prato e eram de um azul esverdeado, levemente fluorescentes. Eles eram menores do que a lua cheia no horizonte. Havia cerca de de uma dúzia a quinze dessas luzes … elas eram absolutamente circulares … isso dava a todos nós uma sensação extremamente estranha”.

Tão grande era o interesse em chegar ao fundo do mistério que o grupo original de cientistas que havia testemunhado as luzes pela primeira vez decidiu lançar sua própria investigação.

Eles determinaram que os objetos sempre pareciam viajar de norte a sul, no entanto, apesar de seus melhores esforços, os cientistas não conseguiam determinar o que eram.

Mais tarde, a Força Aérea dos Estados Unidos tentou explicar o fenômeno sugerindo que as pessoas estavam vendo as novas lâmpadas de rua refletindo nas aves, mas isso foi prontamente descartado por testemunhas que insistiram que os objetos estavam se movendo rápido demais para que isso fosse verdade.

O supervisor do Projeto Blue Book, tenente Edward J. Ruppelt, concluiu:

“Eles não eram pássaros, não eram refratados à luz, mas não eram naves espaciais. As luzes foram positivamente identificadas como um fenômeno natural muito comum e facilmente explicável. É muito lamentável que eu não possa divulgar … a maneira como a resposta foi encontrada … Contar a história levaria a [a identidade do cientista que “encontrou a resposta”] e … Eu prometi ao homem anonimato completo”.

Frustrantemente, ele nunca divulgou exatamente o que esse “fenômeno natural” realmente era.

Comente!