Ufologia

Piloto desapareceu durante encontro com OVNIs em 1978

Frederick Valentich desapareceu sem deixar vestígios depois de encontrar um OVNI em um voo para King Island, na Tasmânia.

O australiano de 20 anos de idade, que havia alugado um avião monomotor no Aeroporto de Moorabbin, em 21 de outubro de 1978, pretendia voar para King Island para pegar frutos do mar.


Tudo estava indo bem até que, às 7 da noite, ele iniciou as comunicações com o controlador de serviço da Airflight de Melbourne, Steve Robey, para perguntar se havia alguma outra aeronave na área.

Ele relatou que havia observado um objeto passando rapidamente por seu avião a uma velocidade considerável.

Robey respondeu afirmando que não havia sinal de nenhuma outra aeronave no radar.

“São quatro luzes brilhantes, como luzes de pouso. A aeronave acabou de passar por mim a pelo menos mil pés de altura”, insistiu Valentich. “Me parece que ele está jogando algum tipo de jogo.”

“Ele está voando sobre mim duas, três vezes, de cada vez a velocidades que eu não consegui identificar.”

O jovem piloto descreveu o objeto como longo e metálico com uma luz verde no topo. Em um ponto, ele relatou que tinha desaparecido de um lado dele antes de reaparecer no outro.

“Está pairando e não é uma aeronave”, disse ele.

17 segundos depois, a transmissão terminou e nenhum vestígio de Valentich ou seu avião foi encontrado.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: