Documentos sobre controle mental liberados por acidente

Um arquivo recentemente divulgado pelo governo dos EUA contém informações sobre “armas psico-elétricas”.

O erro peculiar ocorreu quando o jornalista Curtis Waltman escreveu ao Washington State Fusion Center (WSFC) sobre um pedido de material sobre a Antifa para a Liberdade de Informação (FOIA).


Quando ele finalmente recebeu os documentos, ficou surpreso ao descobrir que um misterioso arquivo chamado “efeitos EM no corpo humano.zip” também havia sido enviado para ele.

Dentro havia uma série de diagramas pertencentes a alguma forma de tecnologia de controle da mente que poderia forçar certas sensações, pensamentos, sonhos e comportamentos em alguém usando “armas psicotrópicas”.

Algumas das imagens foram apresentadas em um artigo da Nexus Magazine sobre um processo que um indivíduo chamado John St. Clair Akewi apresentou contra a Agência Nacional de Segurança (NSA) em 1992.

Akewi alegou que a agência era capaz de “assassinar secretamente os cidadãos dos EUA” e estava “executando operações secretas de controle psicológico para fazer com que os pacientes fossem diagnosticados com problemas de saúde mental”.

Waltman sustenta que não tem idéia de como esses documentos, que não parecem oficiais, acabaram com as informações que ele solicitou ou por que o governo as estava armazenando.

Até agora, o WSFC se recusou a comentar o assunto.

Comente!