Curiosidades

Não, o mundo não vai acabar no dia 23 de abril

Novas previsões sobre o fim do mundo envolvendo o planeta Nibiru foram feitos nesta semana.

Segundo relatos, um par de alinhamentos planetários envolvendo o planeta inexistente assinalará o início do arrebatamento bíblico em 23 de abril e trará o fim da vida como a conhecemos.


O interesse em Nibiru, que esteve ligado a várias profecias do fim do mundo nas últimas duas décadas, começou em 1995, depois que Nancy Lieder, fundadora do site ZetaTalk, alegou que extraterrestres do sistema Zeta Reticuli haviam alertado sobre uma colisão iminente.

Desde então, tem havido vários “dias do juízo final” envolvendo Nibiru, mas como evidenciado pelo fato de que ainda estamos aqui para falar sobre isso, cada um deles acabou por ser falso.

Não há absolutamente nenhuma razão para acreditar que desta vez será diferente.

“A história de Nibiru existe há anos (assim como a história dos ‘dias das trevas’) e é periodicamente reciclada em novas fábulas apocalípticas”, escreveu a NASA.

“Nibiru e outras histórias sobre planetas rebeldes são uma farsa da internet. Não há base factual para essas alegações.”

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: