Curiosidades

Construção de Stonehenge foi uma celebração

A construção do mundialmente famoso círculo de pedras pode ter sido uma questão de reunir pessoas.

Os aspectos sociais e cerimoniais de selecionar as pedras, movê-las para o local e instalá-las podem ter sido tão importantes quanto a estrutura acabada, afirmaram os historiadores.


Essa priorização de socialização e celebrações sobre velocidade e eficiência também pode explicar por que os construtores optaram por transportar algumas das pedras por distâncias tão grandes.

“Na cultura ocidental contemporânea, estamos sempre nos esforçando para tornar as coisas mais fáceis e rápidas possível, mas acreditamos que, para os construtores de Stonehenge, isso pode não ter sido o caso”, disse a arqueóloga Susan Greaney, Historiadora Sênior de Propriedades da English Heritage.

Festas comemorativas em torno do local da construção teriam sido “uma ferramenta poderosa para demonstrar a força da comunidade para forasteiros”.

“Assim que você abandonar preconceitos modernos que supõem que os povos neolíticos teriam procurado a maneira mais eficiente de construir Stonehenge, questões como por que os arenitos foram trazidos de tão longe – as montanhas Preseli do sul de Gales – não parecem tão desconcertantes”, disse Greaney.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: