Ufologia

Registros akáshicos: alienígenas nos fornecem conhecimento cósmico?

Segundo as escrituras hindus, como o Mahabharata, o conhecimento cósmico estava disponível para um antigo sábio chamado Narada.

Isso lhe concedia acesso irrestrito ao conhecimento de tudo o que aconteceu, está acontecendo e tem a possibilidade de acontecer, multidimensionalmente, no planeta por meio do tecido da divina ordem cósmica.


Desta forma, ele tinha uma visão completa do repositório de informações cósmicas, também conhecido como Registros Akáshicos.

Proposto em 1883 por Alfred Percy Sinnett, em seu livro “Budismo Esotérico”, a teoria diz que os registros trazem informações sobre todas as coisas, sem tempo ou espaço.

Registros akáshicos

Os registros akáshicos seriam como um imenso filme fotográfico, registrando todos os desejos e experiências terrestres de nosso planeta.

As experiências são registradas no espaço sagrado do Akasha a partir de cada ser humano desde o início dos tempos.

Esta “plataforma” se conecta a tudo. Todas as invenções, profetas e as grandes mentes da história.

Funciona como uma espécie de “rede sem fio” entre os humanos e os alienígenas, cuja as pessoas se conectariam ao reino akáshico – algo parecido com a computação em nuvem da atualidade.

Neste sentido, profetas puderiam cruzar suas ondas cerebrais com a realidades de maior dimensão e obter suas previsões através da consciência cósmica.

Universo contém códigos de computador

Dr. S. James Gates Jr, um físico teórico, afirma que parte da teoria de cordas, baseada em super equações simétricas – capazes de descrever a natureza fundamental do Universo e da realidade – contêm códigos de computador incorporados.

Esses códigos são dados digitais na forma de 1 e 0. Não só isso, esses códigos são os mesmos que fazem os navegadores da web e são códigos de correção de erros.

Gates, na época, disse não entender a descoberta: “Não temos ideia do que essas ‘coisas’ estão fazendo lá”.

“Esses códigos podem ser de natureza ubíqua e podem até ser incorporados na essência da realidade. Se for esse o caso, podemos ter algo em comum com o filme de ciência-ficção de Matrix, que representam um mundo onde a experiência de todo o ser humano é o produto de uma rede geradora de realidade virtual”.

Baba Vanga

Na década de 1920, uma menina chamada Vangelia foi sugada no ar por tornados. Não foi apenas um, mas múltiplos. Como resultado, ela ficou cega.

Nas décadas seguintes, ela fez previsões com o seu pseudônimo, Baba Vanga, a “Nostradamus dos Balcãs”. Os especialistas dizem que quando sua visão declinou, seus outros sentidos melhoraram.

Aqui estão algumas de suas profecias de 1989:

  • “Os irmãos americanos cairão depois de serem atacados pelas aves de aço”. Visão que teria referência com os ataques terroristas às Torre Gêmeas em 2001.
  • “Uma enorme onda cobrirá uma grande costa coberta de pessoas e cidades, e tudo desaparecerá debaixo da água”. A catástrofe indonésia de 2004 que matou mais de 260 mil pessoas.
  • “O 44º presidente dos Estados Unidos será um homem afro-americano. Todos vão colocar suas esperanças nele”. Sobre a vitória de Barack Obama a presidência dos EUA.

Para o futuro, ela também afirmava que os seres humanos terão colônias construídas por alienígenas sob o mar e que teremos uma guerra nuclear com nossas colônias marcianas até o final do século vinte e dois.

Registros akáshicos teriam abastecido Vanga e Nostradamus com profecias, no qual foram lhes dados  informações sobre o passado, presente e futuro da humanidade.

Livre arbítrio? 

Invenções simultâneas, através dos continentes, poderiam comprovar que o conhecimento cósmico vem sendo gradualmente liberado ao longo da história.

Há relatos, como de Nikola Tesla e outros inventores, que mostram um cronograma de avanço da civilização.

Tesla, que chegou a relatar uma possível experiência com luzes estranhas, afirmou em um registro que uma inteligência de outro mundo teria lhe fornecido os planos para a corrente alternada.

Qual seria o interesse dos alienígenas ao incrementar conhecimento gradual na humanidade? É possível que os alienígenas estejam nos ajudando a superar algum momento ou tentando nos levar para um futuro planejado.

John Brandenburg, um físico de plasma, afirmou que imagens de Marte exibem evidências de uma antiga guerra nuclear. Teria a civilização humana chegado longe demais?

É possível que todos nós estejamos vivendo uma segunda oportunidade. Desta vez, com algum tipo de controle ou direcionamento por parte daqueles que nos criaram.

Seria a colonização forçada de Marte seria a resposta para todos as nossas perguntas? Talvez Elon Musk seja uma das pessoas a ter acesso aos registros akáshicos e saiba de algo que ainda não sabemos.

Sobre o autor

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks – empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!

error: