Cientista da Nasa nega que crianças foram enviadas para Marte

Um convidado de um programa de entrevista recente sugeriu que crianças fossem enviadas para Marte para trabalhar como escravas.

No que diz respeito às teorias da conspiração, esta é uma de muitas ideias que nos últimos anos vem sendo debatidas nas mais diversas redes sociais.


Durante o programa, o convidado afirmou que a NASA estava cobrindo o fato de que há uma colônia de trabalho para crianças na superfície de Marte.

“Isso pode soar estranho, mas nós realmente acreditamos que há uma colônia em Marte que é povoada por crianças que foram sequestradas e enviadas para o espaço em uma viagem de 20 anos”, disse ele.

“Então, uma vez que eles chegaram a Marte, elas não têm outra alternativa senão ser escravos na colônia de Marte”.

A afirmação é de Robert David Steele, um ex-agente da Agência de Inteligência Marítima e Central, que não forneceu qualquer prova para tal ideia.

“Não há humanos em Marte”, disse um cientista da Nasa em resposta. “Há rover ativos em Marte. Houve um rumor na semana passada que não havia. Há. Mas não há humanos”.

Os comentários de Steele, que foram repercutidos por inúmeros boletins de notícias e se tornaram viral na internet.

Comente!