Descoberta uma estátua de Ramsés II no Egito

Arqueólogos confirmaram a descoberta de uma estátua de Ramsés II de 3.000 anos de idade em uma favela do Cairo.

Aclamada pelo Ministério das Antiguidades Egípcias como uma das descobertas mais importantes dos últimos anos, a enorme estátua foi encontrada submersa em águas subterrâneas perto da antiga cidade de Heliópolis.


Ramsés II (ou Ramsés o Grande) foi um dos governantes mais poderosos do Egito. O terceiro faraó da XIX dinastia egípcia, do Egito, ele foi acreditado para ter governado de 1279 a 1213 antes de Cristo.

“Na última terça-feira, eles me chamaram para anunciar a grande descoberta de um colosso de um rei, provavelmente Ramsés II, feito de quartzito”, disse o ministro das Antiguidades, Khaled al-Anani.

“Encontramos o busto da estátua com a parte inferior da cabeça. Ao retirar a cabeça do local, encontramos ainda a coroa e a orelha direita e um fragmento do olho direito”.

Uma estátua menor do faraó Seti II, o neto de Ramsés II, também foi desenterrado no local.

Especialistas agora são encarregados de cuidadosamente extrair e restaurar as duas estátuas para que possam ser exibidas na entrada do Museu Grand Egyptian quando reabrir em 2018.

Comente!