Bolhas de metano surgem no solo da Sibéria

siberia-solo

O clima excepcionalmente quente parece ter criado um efeito adverso sobre o permafrost da Sibéria.


Na sequência da sua recente onda de crateras gigantes, a selva remota da Sibéria agora se tornou o lar de um fenômeno inteiramente diferente – manchas de solo que saltam como um trampolim.

O problema é melhor demonstrado pelo vídeo abaixo, que mostra um homem pisando repetidamente em um bolha no solo, uma vez que treme para cima e para baixo como algo flutuando em um colchão d’água.

Este movimento peculiar, como se vê, é devido ao descongelamento do permafrost e bolhas de gás metano saltando para fora.

Os cientistas que investigam o fenômeno dizem que há uma dúzia de manchas separadas e que metano e dióxido de carbono tem sido liberado ao ser perfurado.

Embora aparentemente inofensivo, este espetáculo estranho é um sinal de alerta de que o aumento das temperaturas estão tendo um efeito cada vez mais negativo sobre o ambiente.

Comente!