Fenômenos Lunares Transitórios, as aparições incomuns e breves na superfície da Lua

tlp

Observadas tipicamente por astrônomos profissionais ou amadores por meio de telescópios, mais raramente a olho nú. Podem ser manchas escuras, luzes ou corpos em movimento. As primeiras são explicadas, às vezes, como efeitos ópticos: por exemplo, sombras de acidentes lunares próximos.

Algumas luzes podem não passar de reflexos do sol e os corpos móveis têm sido descartados como observações equivocadas de objetos da própria Terra, como pássaros, sementes ou entulho projetados por acaso no espaço. Sem falar nos prováveis meteoros em trânsito entre a Terra e a Lua.

As fraudes dos TLPs

Em 20 de novembro de 1952, George Adamski informou ter conhecido o piloto de um disco voador, um venusiano, no deserto do sul da Califórnia e a partir daí deu início a uma pitoresca carreira de contatado e discípulo dos Irmãos do Espaço de Vênus, Marte e Saturno. Em agosto de 1954, uma nave de exploração venusiana supostamente levou-o à volta da Lua e mostrou-lhe cidades e hangares extraterrestres, além de florestas, lagos e rios.

Outros contatados das décadas de 1950 e 1960, valendo-se das dicas de Adamski, também falaram de bases e seres na Lua. Um deles, Howard Menger, chegou a tirar uma foto da Lua, está no livro ‘Do espaço exterior para vocês’ publicado em 1959, com a legenda “uma espaçonave pousando perto de uma edificação abobadada”.

Quando as boas fotografias tiradas da superfície lunar durante as explorações da NASA entre 1969 e 1972 tornaram-se acessíveis ao público leigo, alguns entusiastas do espaço, principalmente George H. Leonard (autor de ‘Há mais alguém na Lua’, 1976) e Don Wilson (autor de ‘Nossa misteriosa espaçonave Lua, 1975) – apregoaram ter visto provas de atividade extraterrestre na superfície da Lua e acusaram a NASA de tentar ocultar a descoberta mais fantástica do século. Wilson afirmava que, além de haver espaçonaves na Lua, a própria Lua era uma espaçonave – uma vasta arca cósmica oca construída há milhares de anos por uma raça alienígena.

Comente!