Dispositivo de camuflagem poderia esconder a Terra dos alienígenas

laser

Dois astrônomos da Universidade de Columbia, em Nova York, sugerem a humanidade poderia usar lasers para esconder a Terra de civilizações extraterrestres avançadas. Professor David Kipping e a estudante Alex Teachey colocaram a ideia em um artigo na Monthly Notices da Royal Astronomical Society.


Vários cientistas proeminentes, incluindo Stephen Hawking, têm advertido sobre transmitir sinais da humanidade para a vida inteligente em outros planetas. Outras civilizações podem tentar encontrar Terra usando as mesmas técnicas que fazemos, incluindo um olhar profundo na luz quando um planeta passa diretamente na frente da estrela que orbita.

Estes eventos são a principal forma que a missão Kepler e outros projetos similares procuram planetas em torno de outras estrelas. Até agora Kepler confirmou mais de 1.000 planetas usando esta técnica, com dezenas desses mundos similares em tamanho à Terra.

Kipping e Teachey especulam que cientistas alienígenas podem usar essa abordagem para localizar nosso planeta, que será claramente está numa “zona habitável” do Sol, onde a temperatura é ideal para a água líquida, e assim por ser um lugar promissor para a vida.

Hawking e outros estão preocupados que os extraterrestres podem querer tirar proveito dos recursos da Terra, e que a sua visita, em vez de ser benigna, pode ser tão devastada quanto quando os europeus quando viajaram para as Américas.

Os dois autores do novo estudo sugerem que a luz poderia ser mascarada com a emissão de laser controlado, com o feixe direcionado para a estrela onde os extraterrestres teriam sua origem.

De acordo com os autores, que emitem um laser 30 MW contínuo durante cerca de 10 horas, uma vez por ano, seria suficiente para eliminar o sinal de vida, pelo menos em luz visível.

Comente!