Operação Prato procurou OVNIs na década de 1970

Uma investigação foi conduzida por autoridades no Brasil após uma sequência de uma série de “ataques” de OVNIs em 1977.

A série peculiar de eventos, que tiveram lugar na cidade brasileira de Colares, começou quando uma onda de OVNIs de diferentes formas e tamanhos teria aparecido em baixa altitude sobre a área e começou a atacar os moradores locais com algum tipo de arma de “feixe de luz”.

Várias lesões, incluindo feridas e queimaduras, foram posteriormente atribuídas ao ataque.

“Todos eles sofreram lesões na face ou na área torácica”, escreveu Wellaide Cecim Carvalho, um médico que tinha vindo a trabalhar na área.

operacao-prato-2

“As lesões, que pareciam lesões de radiação, começavam com uma intensa vermelhidão da pele na área afetada. Mais tarde, o cabelo começava a cair e a pele ficava preta. Não havia sensação de dor, apenas um ligeiro calor.”

Os OVNIs, que também teriam sugado o sangue das vítimas, foram posteriormente apelidados de “Chupa Chupa”. Os residentes da cidade estavam tão perplexos que o prefeito solicitou a intervenção da Força Aérea e fogos de artifício foram usados ??em uma tentativa de manter os visitantes misteriosos a distância.

Uma investigação oficial para o incidente, conhecido como “Operação Prato”, passou quatro meses restaurando a ordem e tentando juntar as provas do que aconteceu, mas em última instância concluiu que não havia nenhuma evidência de que algo inexplicável tinha ocorrido.

Ate os dias atuais, o caso permanece sem solução.

Comente!