Empresa anuncia o primeiro jetpack do mundo

martin-jetpack

Após 35 anos no desenvolvimento do novo Martin Jetpack, o produto será lançado para venda no próximo ano.


Com presença constante em histórias em quadrinhos e filmes de ficção científica, a ideia de possuir um jetpack pessoal pode finalmente tornar-se uma realidade graças a uma companhia de avião na Nova Zelândia, que desenvolveu a primeira versão disponível comercialmente no mundo do dispositivo.

O Martin Jetpack utiliza propulsão à base de foguete em dois propulsores movidos a gasolina e pode levantar pesos de até 120 quilogramas para o ar a velocidades de 74 quilômetros por hora.

O dispositivo é particularmente conveniente, pois ele pode decolar ou pousar em praticamente em qualquer superfície incluindo telhados e manter um grau de controle de precisão inédito na maioria dos jetpacks.

O modelo inicial pode voar por 30 minutos a uma hora e até mesmo incluir um pára-quedas de emergência no caso improvável de que o operador enfrente dificuldades no ar. Martin acredita que, além de ser um brinquedo para os ricos, o dispositivo poderia ser particularmente útil para os serviços de emergência, devido à sua capacidade de pousar em espaços confinados.

“Acho que os socorristas vão ver isso como uma grande melhoria para a sua capacidade”, disse o chefe executivo Peter Coker. “Naturalmente, para o serviço de ambulância, chegar em um ponto para resgatar as pessoas no menor tempo possível é crucial.”

O jetpack está prestes a se tornar disponível para a compra até o final do próximo ano.

Comente!