Físico afirma que Marte foi atacado por armas nucleares

marte-bombas

Dr John Brandenburg afirma que a vida em Marte foi dizimada por um ataque nuclear.


A ideia de que uma civilização no planeta Marte foi dizimada por um ataque nuclear orquestrada por uma raça extraterrestre avançada pode soar como o enredo de uma ficção científica filme, mas o físico Dr John Brandenburg propôs que este cenário pode realmente ter alguma razão.

O especialista em tecnologias de propulsão sustenta que entidades hostis de “civilizações jovens ruidosas” podem ter dizimado os habitantes do planeta e pode fazer o mesmo com nós aqui na Terra.

Sua pesquisa, intitulada “A evidência de uma explosão termonuclear maciça em Marte” oferece uma base a reivindicação de uma combinação de fatores, incluindo a composição dos solos do planeta e da descoberta de grandes concentrações de Xenon-129 em sua atmosfera, algo tipicamente vistos após um incidente nuclear.

“Dada a grande quantidade de isótopos nucleares na atmosfera de Marte que se assemelham às de testes de bombas de hidrogênio na Terra, Marte pode apresentar um exemplo de civilização extinta por um ataque nuclear a partir do espaço”, escreveu Brandenburg.

O autor defende ainda que uma missão humana a Marte deveria “ser montada imediatamente para maximizar o conhecimento do que ocorreu”.

Comente!