Terremotos feitos pelo homem estão se tornando um problema real

terremotos

O conceito de um terremoto artificial parece pura fantasia ou uma confecção do Dr. Evil. É estranho imaginar que os seres humanos poderiam afetar tais características do planeta.


Durante muito tempo, as pessoas resistiram à idéia, mas agora a evidência está começando a se acumular. Nós vimos um pico incrível na freqüência de terremotos nos últimos anos e os cientistas estão finalmente começando a descobrir por que isso acontece.

O Serviço Geológico dos EUA afirma que a taxa de terremotos fortes, com magnitude maior de 3,0, tem sido cerca de cinco vezes mais o que costumava ser. De 2010 a 2012, essa área experimentou uma média de 100 terremotos por ano, enquanto em 1967-2000, a média anual foi de 21.

Isso poderia ser uma aberração mas isso é apenas o começo da história.

É sabido que há uma correlação entre certos métodos de eliminação de resíduos e o aumento do número de pequenos terremotos – mas na verdade estamos causando terremotos por muito mais tempo do que isso.

Grandes barragens podem colocar a massa de um lago em cima do que previamente era uma crosta. A extração de mineração e petróleo, por exemplo, esvazia áreas anteriormente resistentes, causando deficiências estruturais.

Ainda assim, a prática de bombear coisas para dentro da terra parece ser muito mais prejudicial do que outros processos. Um novo estudo relacionou uma série de pequenos tremores de terra perto de Snyder, Texas após a injeção subterrânea de gás CO2.

Quando injetado longe o suficiente no subsolo, o gás irá congelar em pequenas rachaduras na rocha – é essencialmente o inverso do fraturamento hidráulico.

A pressão física exercida pelo gás e as mudanças químicas que podem causar na rocha, parece que a injeção de gás pode causar terremotos de um tamanho  perceptível, embora ninguém tenha ficado ferido nos terremotos.

Terremotos ainda maiores têm sido associados a injeção de gás, tais como, um terremoto de magnitude 4,4 em 2011.
Cientistas afirmam ter provas de que a injeção causou diretamente esses terremotos, mas eles também apontam que quantidades iguais de injeção de gás e líquidos em outros lugares não causou terremotos.

Comente!