Novos documentos da Área 51 foram desclassificados

auroraA desclassificação da Área 51 criou um monte de manchetes nos últimos meses. A base da Força Aérea mais secreta e bem conhecida, foi reconhecida como algo real pela CIA há alguns meses.

Esta semana, 60 documentos foram liberados sobre os projetos secretos da Força Aérea e muitos deles se referem a Área 51.


O novo conjunto de documentos está em poder do Arquivo de Segurança Nacional da Universidade George Washington. Eles divulgaram os arquivos como um artigo resumido e um e-book que explora parte dos arquivos e seus significados.

Para a tristeza de alguns, os novos arquivos não ajudam a apoiar as teorias da conspiração sobre OVNIs ou extraterrestres na base.

Em vez disso, eles fornecem mais informações sobre o desenvolvimento de aviões, preocupações de segurança, caças MiG soviéticos obtidos durante a Guerra Fria e que foram testados e alojados na Área 51, e alguma discussão sobre o que fazer com as fotos que foram acidentalmente levadas da base pela estação espacial Skylab da NASA.

Há também um memorando do Escritório Nacional de Reconhecimento, escrito em 1962, que discute uma possível missão de fotografar a Área 51 a partir de um avião espião U-2. O objetivo seria de descobrir o que os russos poderiam ver se eles tivessem câmeras em seus satélites Sputnik.

Outra observação nesses arquivos é a foto tirada do Skylab. Este arquivo de 1974 afirma que as fotos foram tiradas, inadvertidamente, embora houvesse instruções específicas para não fazê-las. Na verdade, o arquivo afirma que a Área 51 era o único local com tais instruções.

Por enquanto, não há nenhuma informação para apoiar as teorias de OVNIs ou carcaças de extraterrestres em um local secreto, perto da Área 51, chamado S4. Mas, pelo menos agora, temos um fio de novas informações sendo desclassificadas sobre a base.

Estas recentes descobertas oficiais sobre as atividades e preocupações que cercam a base demonstram o quão sério as agências governamentais tentaram manter a Área 51 em segredo.

Comente!