Inexplicável

O Misterioso Caso de Elisa Lam

elisa-lam-2

Há mistérios que são tão assustadores e estranhos que surpreendem a nossa mente por dias. O misterioro caso de Elisa Lam é um deles. Em fevereiro de 2013, esta estudante de 21 anos de idade, de Vancouver, no Canadá, foi encontrada morta dentro de tanque de água no último andar do Hotel Cecil, em Los Angeles.

O departamento de polícia local concluiu sua investigação sobre a morte dela como “afogamento acidental” e a perícia afirmou que nenhum vestígio de drogas ou álcool foram encontrados durante a autópsia.

No entanto, a história vai muito além do que aquilo que está implícito relatórios policiais. A primeira evidência é uma fita de vigilância do elevador que registrou o comportamento de Elisa apenas alguns momentos antes de perder a sua vida.

O vídeo de quatro minutos, postado no YouTube, mostra Elisa pressionando todos os botões do elevador e esperando que ele se mova. Vendo que as portas do elevador não se fecham, ela começa a se comportar de forma extremamente bizarra.

Elisa entra no elevador e, aparentemente, pressiona todos os seus botões. Ela, então, espera que algo aconteça, mas, por alguma razão, a porta do elevador não fecha. Ela começa a olhar em volta, como se ela estivesse esperando (ou escondendo) alguém.

Às 01:57, os braços e as mãos começam a se mover em uma forma muito estranha (e não humana) e ela parece estar falar com alguém, alguma coisa … ou nada. Ela, então, vai embora. A porta do elevador se fecha e, em seguida, parece começar a funcionar novamente.

Logo após os eventos do vídeo, Elisa aparentemente foi até o último piso do hotel, onde subiu no reservatório de água e, de alguma forma, acabou se afogando nele. Seu corpo foi encontrado duas semanas depois de sua morte, depois que hóspedes do hotel reclamando sobre a cor e gosto da água.

Vendo as imagens de vigilância, a maioria das pessoas poderia concluir que ela estava sob a influência de drogas. No entanto, Elisa não tinha um histórico de uso de drogas e sua autópsia concluiu que nenhuma droga estava envolvida.

No entanto, quando se olha para o contexto dos fatos e as circunstâncias dessa morte, as coisas se tornam ainda mais misteriosas.

hotel-cecil

A Obscura História de Hotel Cecil

Construído em 1920 para atender aos “empresários que vinham para a cidade e passavam uma ou duas noites”, Hotel Cecil foi rapidamente ofuscado por hotéis mais glamorosos.

Localizado perto da área infame Skid Row, o hotel começou a alugar quartos a longo prazo com preços baratos, uma política que atraiu uma multidão.

A reputação do hotel, porém, rapidamente passou de “matreiro” para “mórbido” quando se tornou notório por inúmeros suicídios e homicídios, assim como o alojamento de famosos assassinos em série.

O caso de Elisa Lam é mais uma adição sórdida para a história do hotel e nos leva a perguntar: “O que diabos está errado com esse lugar?”

O filme Água Negra (“Dark Water”)

A história de Elisa Lam é assustadoramente semelhante ao filme de horror Água Negra (“Dark Water”) de 2005. Dahlia, a principal protagonista do filme se move para um prédio de apartamentos com sua filha Cecilia. Note que ambos os nomes são relevantes.

Black Dahlia é o apelido dado a Elizabeth Short, uma mulher que foi vítima de um assassinato horrível, em 1947 – que parecia ser particularmente ritualístico. O caso nunca foi resolvido. Há boatos ainda de que o Black Dahlia estava no Hotel Cecil antes de perder sua vida.

No filme, o nome da filha, Cecilia, é, obviamente, muito semelhante ao nome do Hotel Cecil.

Depois de se mudar para o apartamento dela, Dahlia percebe uma água escura vazando do teto em seu banheiro. Ela finalmente descobre que uma jovem chamada Natasha Rimsky tinha se afogado em tanque de água no último andar do edifício, o que causou a água escura.

O proprietário do prédio sabia sobre este fato, mas se recusou a tomar medidas. O corpo de Elisa Lam estava no tanque de água por mais de duas semanas, fazendo com que os hóspedes do hotel reclamassem da “água negra”.

O final do filme também é assustadoramente relevante: o edifício de apartamentos apresenta um elevador com problemas e um fantasma que enrola os cabelos da mãe a de Cecilia. Seria a morte de Elisa Lam um desses assassinatos rituais que são espelhados no filme de Hollywood?

Coincidência bizarra

Logo após a descoberta do corpo de Elisa Lam, um surto mortal de tuberculose ocorreu em Skid Row, perto do Hotel Cecil. Você provavelmente não vai acreditar o nome do kit de teste utilizado nestes tipos de situações é LAM-ELISA. Isso é uma sincronicidade de assustar.

Investigação às escuras

As autoridades de Los Angeles determinaram em junho de 2013 que a morte de Elisa Lam foi acidental e que ela era “provavelmente bipolar”.

Dito isto, algumas perguntas permanecem sem resposta. Como é que Elisa, que era, obviamente, sem seu juízo perfeito, acabar no tanque de água do hotel, uma área que é de difícil acesso?

Aqui está uma reportagem descrevendo área do tanque de água:

Como afirma o repórter no vídeo, a área de cobertura é protegido por um sistema de alarme e o reservatório de água era bem difícil de alcançar. Como Elisa chegou a essa área? Além disso, como é que ela fechou a tampa do reservatório de água?

Como é geralmente acontece em caso de mortes estranhas, as autoridades têm sido extremamente sigilosas durante a investigação. O que realmente aconteceu aqui?

Por que existem tantas estranhas coincidências? Por que Elisa Lam agiu tão estranho no elevador? Havia um aspecto ritualístico a esta morte? Por que o Hotel Cecil tem atração para estes tipos de histórias? Existe alguma coisa paranormal acontecendo e envolvendo entidades das trevas?

Há um mistério acontecendo lá e as autoridades parecem não querer investigar mais.

About the author

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

39 Comments

  • Nossa! Muito estranho mesmo! Lembrei de um livro que li, que dizia que ao conseguirmos um determinado estado mental, poderíamos adquirir a invisibilidade. Mas claro, o livro não referia-se ao estado invisível do corpo, mas caminhar sem chamar a atenção, ou seja, desapercebido. Ou entendi errado? Será a invisibilidade possível? Fiquei com a impressão de que ela estava tentando esconder-se de algo que a incomodava, porém invisível, pois, em dado momento, quando fora do elevador, gesticula com as mãos, sugerindo que tentava apalpar quem ou o quê estava à sua frente. Tema para filme de Spilberg!

  • muito estranho , o mais estranho apesar dos gestos dela é o descaso da investigação policial , deveria ter uma equipe policial treinada para investigar esses tipos de casos estranhos …..

  • é muito provável que seja esquizofrenia, eu não acreditava em surtos deste tipo até que uma pessoa muit próxima passou por isso, só não se matou pq tinha muita gente perto para ajudar.

  • não é esquizofrenia, demência ou paranoia menina, mas sim um evento fantasmagórico real desta, dá para ver nitidamente quando a porta se fecha o movimento de ectoplasma dentro do elevador parece ser uma ou mais pessoas (ghost) fantasma.
    que é ectoplasma ?
    simplesmente é uma substancia que sai do corpo poderíamos de dizer espirito, alma, etc
    vejam de novo
    tentem para o vídeo e veja que o movimento do ectoplasma para de se mover…preste bem atenção é incrível este vídeo.

  • não é esquizofrenia, demência ou paranoia, mas sim um evento fantasmagórico real desta menina, dá para ver nitidamente quando a porta se fecha o movimento do ectoplasma dentro do elevador parece ser uma ou mais (ghost) fantasma.
    que é ectoplasma ?
    simplesmente é uma substancia que sai do corpo poderíamos de dizer espirito, alma, etc
    vejam de novo
    Atentem para o vídeo e veja que o movimento do ectoplasma como se move…preste bem atenção é incrível este vídeo é inacreditável.

  • Não é esquizofrenia, Demencia ou paranoia! é ASSASSINO, se vocês pudessem ler em inglês poderiam entender melhor o caso, não essa tradução sensasionalista  de um outro site Inglês.

  • pelos comentarios da galera vou deixar pra assistir esse video de dia kkkk (ja moro sozinho entao melhor evitar amanha vejo) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Deve ter sido assim: ela deve ter visto algum alienígena no seu quarto ai ela deve ter tentado ir embora sendo assim, alguns “amigos” do suposto ET deve ter sabotado o elevador por alguns minutos, depois deve ter levado ela por fora pelos fundos do edifício assim, abriu o tanque matou ela e colocou ela lá dentro e fechou o tanque. Mas agora sobre o remédio aí é pura conhecidencia
    .

  • cara , muuuuito estranho isso tudo , percebi no video que ela fez gestos como se estivesse falando com alguém e contando o que aconteçeu , pode-se perceber que ela conta os dedos , por exemplo : 1° bla bla bla … 2° bla bla bla , ela concerteza esta falando com alguém nesse momento agora quem ? meu deus , e nem quero saber kkk. Deus me livre

  • Cara, olha só o que eu descobri, a tal Elisa é oriental, talvez Japonesa ou descendente. Veja o que diz a Wikipedia: “Dark Water (Águas Passadas ou Água Negra) é um remake americano de 2005, do filme de terror JAPONÊS Honogurai mizu no soko kara de 2002…” TENSO!!!

  • isso que estão falando sobre ela é ridículo,qualquer um numa situação dessas,agiria igual ela ou pior,tenho certeza!
    vc entra em um elevador sozinho,o elevador não anda e nem fecha a porta nada,o que vc faria?com certeza apertaria os botoes,andaria pra la e pra cá,ficaria nervoso etc,isso é logico!não tem droga nada,agora algo do alem.ai pode ser!!!tanto é que ela se matou né!
    e ninguém falou nada daquela fumaça,ou uma penumbra cinzenta que aparece dentro do elevador no final do vídeo,o que é aquilo?

  • um dos fatos estranhos, é que o filme de 2005 é muito parecido com o caso que aconteceu 8 anos depois, no hotel que tem o nome de uma das personagens.

  • gente é o seguinte, ela não quer que o elevador saia dali, e aperta vários botões pra conserguir trava lo. Ela está tentando atrair, o serial killer até o elevador, por isso se esconde, como ele não entra ela começa sair e se mostrar como isca, porém ele de alguma forma da a volta e a surpreende pelo outro lado, a esganando com alguma linha pelo pescoço, talvez fossem uma dupla, por isso ela foi surpreendida de um outro lado, porque ela queria o atrair ao elevador? Para conseguir, filmar a pessoa que talvez esteja acima de qualquer suspeita na investigação. os movimentos estranhos é devido a falta de ar, e depois ela se vira pra tentar respirar. E claro, que o assassino, percebeu a emboscada do elevador e por isso a ataca em alguma laçada ou até 2 sendo uma no pescoço e outra na cintura, para mudar a leitura das gravações, o porque as gravações do psicopata eram mais importante doque sua própria sobrevivência, é oque deveria ser investigado, talvez ela estivesse mais preocupada com as futuras vítimas desses assassinos, ou seja eles são os menos suspeitos daquele senario assustador!!! Pode ser, que a sua armadilha, para o assassino, foi um plano dela junto a alguém que a traiu. um comparsa, que só fingiu estar do lado dela, pra deixar tudo mais terrível!