‘Pedra Negra’ pode ser pedaço de cometa

pedra-negra

Um notável seixo preto carbonizado pode ser o primeiro fragmento de cometa em larga escala já recuperado.


O objeto de 30 gramas foi descoberto no deserto egípcio, perto da fronteira da Líbia pelo geólogo Aly Barakat, em 1996.

A área faz parte de uma região de 6.000 quilômetros quadrados conhecida por ser coberto de fragmentos de vidro verde que se acredita ter sido formado por uma chuva de meteoros.

Vários anos depois, a pedra negra foi submetida a uma infinidade de testes científicos que ajudou identificá-la como algo de grande importância, um fragmento de material que pode ter vindo de um cometa.

Até agora, os cientistas só tinham encontrado minúsculos grãos de material cometário na atmosfera da Terra e no gelo antártico.

Se o fragmento se originou a partir de um cometa, então seria a primeira parte de um cometa já descoberto em grande escala.

Também significaria que o vidro verde no deserto egípcio foi formada por uma explosão de um cometa, não um meteoro.

"Podemos estudar o material do sistema solar externo pela primeira vez", disse o membro da equipe Jan Kramers. "Isso é realmente muito emocionante."

Comente!