NASA descobre incomum exoplaneta rosa

exoplaneta-rosa

Os astrônomos conseguiram fotografar, utilizando imagens de infravermelho, um gigante exoplaneta rosa há aproximadamente 57 anos-luz de distância.


O estranho mundo em tons de rosa tem cerca de quatro vezes a massa de Júpiter, apesar de ser do mesmo tamanho, tornando-se o menor planeta extrasolar já fotografado.

Outro aspecto incomum do planeta é que ele está localizado ao longo de nove vezes mais longe da sua estrela-mãe como Júpiter está para o Sol, um fato que parece contradizer conhecidas teorias de formação planetária.

"Este é um dos planetas mais difíceis de explicar em um tradicional quadro de formação planetária", disse o pesquisador Markus Janson.

"Sua descoberta implica que devemos considerar seriamente as teorias de formação alternativas."

Comente!