Meteoro russo causou onda de choque no mundo

meteoro-russia

O enorme meteoro que explodiu sobre Chelyabinsk, no início do ano, produziu uma onda de choque que rodeou todo o planeta.

A pedra 17 metros queimando em cima da Rússia foi um evento tão destrutivo que feriu 1.000 pessoas e enviou uma onda de choque que rodeou a Terra duas vezes.

Os cientistas foram capazes de determinar a natureza do abalo sísmico usando sensores projetados para pegar sinais de detonações nucleares.

A explosão foi equivalente a 460 quilotons de TNT, o maior acontecimento desde o meteoro Tunguska em 1908, na Sibéria.

A explosão sobre Chelyabinsk também tem gerado um interesse renovado no desenvolvimento de métodos para desviar ou destruir objetos de entrada do espaço.

Soluções que vão desde velas solares a mísseis nucleares como propostas de potenciais formas de proteger a Terra de impactos futuros.

Comente!