Grupo budista afirma que Steve Jobs reencarnou como um ‘ser divino’

steve-jobs

Um grupo budista acredita que o ex-executivo da Apple, Steve Jobs, morto há 1 ano, já teria voltado ao mundo em uma reencarnação como um “ser divino”.


“Depois que o Sr. Steve Jobs fez a passagem, ele reencarnou como um ser divino… Sua reencarnação é um “Thepphabhut Phumadeva” [divindade] de nível médio. Ele é meio Witthayathorn, metade yak e vive em um universo paralelo, não muito distante de onde ele vivia como ser humano”, disse Phra Thepyanmahamuni, sacerdote de templo Wat Phra Dhammakaya, na Tailândia.

“Em relação ao espaço onde reside este novo ser divino: é muito bonito, simples e de tamanho médio, com seis andares, construído com prata e grandes quantidades de cristal (…) O novo ser divino tem cerca de 20 funcionários celestes a seu serviço que são parte do bom karma que ele obteve de sua natureza caridosa durante sua forma humana como doar dinheiro, objetos e conhecimento para os outros e para a sociedade”.

Antes de morte, Jobs afirmava ter curiosidade no processo. Em entrevista ao programa 60 Minutes ele explicou que as vezes, acreditava em Deus, e as vezes, não.

“Acho que é uma chance de 50%… talvez. Mas desde que eu fiquei com câncer, estive pensando mais sobre isso. Eu acredito agora um pouco mais… talvez seja porque eu quero acreditar na vida após a morte, que quando você morre as coisas não desaparecem simplesmente. A sabedoria que você acumulou, de alguma forma ela continua… Sim, mas às vezes eu acho que é… apenas como uma chave de liga e desliga. Um clique e você se foi… E é por isso que eu não gosto de colocar interruptores nos dispositivos da Apple”.

Huffington Post

2 Replies to “Grupo budista afirma que Steve Jobs reencarnou como um ‘ser divino’

Comente!